tarô

Tarô

Diretor
Elisa Cabral
Ano
Duração
20 minutos
Colorido
Super-8

A realizadora tenta entender os mistérios das cartas do Tarô. Em restaurante ela e Marcus Vilar conversam, em francês, sobre a realização do filme. Em outra cena, sempre em francês, a realizadora se diz insatisfeita com a pesquisa. Imagem do livro Jung and Tarot. Casal punk em Londres.

tele-visões

Tele-Visões

Diretor
Elisa Cabral
Ano
Duração
22 minutos
Colorido
Super-8

Estimulados a falar sobre o que assistem na televisão, trabalhadores da Usina Santana dão seus depoimentos sobre o assunto. Uma entrevistada ressalta a importância de ser filmada e ter se visto na tela. Repete-se várias vezes a abertura da telenovela Selva de Pedra, da Globo, e algumas cenas da trama são exibidas. Outras cenas da Globo: Jornal Nacional, seriado americano Duro
na Queda e abertura do Fantástico. Homem usa bateria de trator para ligar TV. Nos créditos finais, a realizadora entra em cena e grava sua imagem manuseando fotos das entrevistadas. Os créditos são apresentados “dentro” de uma TV. Um televisor “plantando” no chão liga-se à abertura da novela.

tfp

TPF (registro)

Diretor
Carlos Alberto
Ano
Duração
4 minutos
Colorido
Super-8

Uma Kombi percorre ruas com carro de som exaltando a TFP – Tradição, Família e Propriedade – grupo de extrema direita ligado à Igreja Católica. Destaque para a enorme bandeira da TFP. Populares observam o carro. Militante entrega publicação para passageira de ônibus. Outro conversa com padre.

miniatura

Tá na rua

Diretor
Henrique Magalhães
Ano
Duração
15 minutos
Colorido
Super-8

O diretor e ator Amir Haddad conta a trajetória do grupo teatral Tá na Rua, surgido na década de 1970, em pleno governo Médici, auge da ditadura militar. Enquanto se preparam para mais um espetáculo, e ao som de clássicos da MPB, Haddad diz que o grupo transformou um texto de louvação ao autoritarismo, escrito em 1936, “Morrer pela Pátria”, em crítica ao autoritarismo brasileiro. “Por baixo do autoritarismo está o cadáver do povo”. O Grupo apresenta-se para o povo no Mercado Central.